quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Epílogo do dia

São 19:57h e a noite já se faz presente, acompanhada pelo vento cantarolante que se espraia pelas ruas e pelas frestas, encerrando o expediente do dia. Muita gente chegou e outro punhado partiu na sonolência do vinte e um de fevereiro. Corações aceleraram , olhos marejaram, dores, alívios, começos e finais. O ciclo é implacável e sigo anestesiada, adentrando  sonhos e descartando pedaços inúteis de meus bocados de vida. Espio meu balaio de letras e fica o combinado. Te espero amanhã!
 
 
Que todos possam ser felizes!
 
Beijo implacável ( adoro implacável)!
melind@