terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Só um momento!

Em uma manhã envolta  naquela chuva fina e quase alentadora dos dias de calor, cá estou reunindo os pensamentos desorganizados pelas férias de verão. Parecem naturais esses momentos nos quais não há nenhum juízo de valor acerca dos fatos. Os pensamentos simplesmente se esvaem com a garoa acinzentada e apenas as letras que se juntam na tela  parecem  fazer qualquer sentido.
A preguiça se espalha pelo corpo e a ilusão de que tudo está como deve subordina o tempo e o espaço.
Outro dia assisti no cáfé filosófico(Luc  Ferry e Jorge Forbes) uma conversinha sobre a morte dos paradigmas e este nosso mundinho liquefeito de cada dia. Anestesia Geral!!

Que todos possam ser felizes!!
bj momentâneo
da Melinda